O BDMG pretende reforçar o atendimento a setores tradicionais da economia mineira, caso do agronegócio, ao mesmo tempo em que abraça novas demandas, como linhas para inovação e sustentabilidade a vários setores, conta Sérgio Gusmão Suchodolski, diretor-presidente do banco.

 

A carteira agro do BDMG cresce: em 2018, foram R$ 554 milhões, alta de 31,5% ante 2017.

Please reload

Notícias Recentes

Please reload

Notícias por mês

Please reload

Tags

Please reload