Mercado Externo

Após operar por grande parte do dia no campo positivo das cotações, os preços internacionais do milho futuro encerraram a quinta-feira (02) no campo misto na Bolsa de Chicago (CBOT). Os principais vencimentos registraram movimentações entre 1,25 pontos negativos e 2,50 pontos positivo ao final do dia.

 

O contrato maio/20 foi cotado à US$ 3,33 com desvalorização de 1,25 pontos, o julho/20 teve valor de US$ 3,38 com queda de 0,25 pontos, o setembro/20 foi negociado por US$ 4,42 com alta de 1,25 pontos e o dezembro/20 valeu US$ 3,49 com valorização de 2,50 pontos.

 

Esses índices representaram baixas, com relação ao fechamento da última quarta-feira, de 0,30% para o maio/20, estabilidade para o julho/20, e ganhos de 0,59% para o setembro/20 e de 0,58% para o dezembro/20.

 

Segundo informações da Agência Reuters, os contratos futuros de milho firmaram-se pela primeira vez em cinco sessões, com os preços do petróleo bruscamente mais altos, levando alguns investidores a cobrir posições curtas.

 

“A maioria dos contratos de milho registrou mínimos novos no início da sessão ou correspondeu aos mínimos anteriores. Os dados de vendas de exportação de milho e soja sólidos do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) mantiveram um piso no mercado. As vendas de exportação de milho na semana passada chegaram perto do final de uma série de previsões comerciais”, aponta o analista Karl Plume.

 

O departamento informou que as vendas semanais norte-americanas de milho foram de 1.075,4 milhão de toneladas, contras as projeções de 700 mil a 1,3 milhão de toneladas. O volume apresenta um recuo de 41% em relação à semana anterior e de 13% frente à média das últimas quatro semanas.

 

 

Please reload

Notícias Recentes

Please reload

Notícias por mês

Please reload

Tags

Please reload

 

Rua Geraldo Flausino Gomes, 42 - 5º andar | Brooklin Novo | São Paulo - SP 04575-060

Tel. (11) 5102-5656 | abrahy@abrahy.com.br

©2018 ABRAHY. criado pela TR2 Art + Design