Tags

Pandemia acelera transformação digital

A transformação digital foi acelerada por conta da pandemia do novo coronavírus e as medidas de distanciamento social, mas sua continuidade será ainda mais relevante para a retomada da economia. A constatação é dos especialistas que participaram, ontem, do segundo dia do Painel Telebrasil 2020. Para garantir a expansão desta transformação digital, com a maior oferta de serviços, no entanto, serão necessárias revisão da carga tributária e regulação adequada para uso de novas tecnologias, afirmaram durante o evento.

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, anunciou que estão sendo preparadas medidas que permitam um ambiente de negócios saudável, competitivo e estável para viabilizar novos investimentos. Segundo ele, o governo apresentará ao Congresso, em duas semanas, o Marco Legal das Startups. "Com grande impacto para a revolução da indústria 4.0", disse.

Costa garantiu que o 5G é uma prioridade do governo. "Estamos trabalhando para que todas as empresas possam trabalhar com 5G, temos um dos programas mais ambiciosos do mundo de capacitação para viabilização da economia digital", afirmou. Segundo ele, a capacidade gerencial é um dos gargalos que precisam ser resolvidos. "Teremos 1 milhão de empresas qualificadas no fim deste governo. Para o país crescer é preciso um ambiente concorrencial livre, aberto e protegido. Estamos fazendo esforço muito grande para nos adaptarmos ao mundo moderno", afirmou.

O CEO da Huawei, Sun Baocheng, ressaltou que a pandemia aumentou a demanda por conectividade para todos e mudou o modelo de educação e até do serviço público, com participação mais efetiva do digital. "Tudo na vida mudou e a conectividade se mostrou crucial para tudo funcionar", relatou.

"Cada dólar investido em TIC (tecnologia da informação e comunicação) gera um retorno de até US$ 20 dólares no PIB (Produto Interno Bruto)", disse.

Carlos Roseiro, diretor de soluções da Huawei do Brasil, comentou que o 5G é apenas mais uma tecnologia, como inteligência artificial, fibra, nuvem. "O que vai fazer a transformação digital é a combinação dessas tecnologias. Com certeza é importante. O 5G tem potencial de acrescentar R$ 30 bilhões à economia, cerca de 0,4% do PIB ao ano, com aplicações nas áreas em que o Brasil é competitivo, como mineração e agricultura. Tem potencial de puxar os investimentos", assegurou. (SK) "Cada dólar investido em tecnologia da informação e comunicação gera um retorno de até US$ 20 dólares no PIB"Sun Baocheng,CEO da Huawei.

Veículo: CORREIO BRAZILIENSE - DF Editoria: ECONOMIA Tipo notícia: Matéria Data: 16/09/2020

 

Rua Geraldo Flausino Gomes, 42 - 5º andar | Brooklin Novo | São Paulo - SP 04575-060

Tel. (11) 5102-5656 | abrahy@abrahy.com.br

©2018 ABRAHY. criado pela TR2 Art + Design