Tags

Produção em queda e vendas em alta

A produção de motos se manteve estável em agosto com 98.358 unidades e crescimento de 0,4% sobre julho deste ano, quando saíram das fábricas 97.920 motos. Entretanto, na comparação com o mesmo mês de 2019, a queda é de 14,3%.

De janeiro a agosto foram produzidas 588.495 unidades, representando queda de 20,9% na comparação com o mesmo período do ano passado (743.556 unidades).

"Desde a retomada das atividades industriais em maio, a produção vem mostrando uma curva ascendente. O volume até poderia ser maior, mas as fábricas ainda operam com restrições, no entanto, isso gera desequilíbrio entre a oferta e a demanda" disse o presidente da Abraciclo, associação que reúne os fabricantes de motos, Marcos Fermanian.

Emplacamentos

O número de vendas não foi muito diferente da produção. Em agosto 95.961 unidades foram licenciadas, correspondendo a alta de 12,7% em relação a julho (85.148 unidades) e de 8,3% ante agosto do ano passado (88.625).

Com 21 dias úteis, a média diária de vendas foi de 4.570 unidades, um número 23,4% maior do que julho último (23 dias úteis e 3.702 unidades por dia). Na comparação com agosto de 2019 (22 dias úteis e 4.028 unidades/dia) a alta foi de 13,4%.

Exportações

As exportações cresceram 16,6% ante julho último com 5.167 unidades. Por incrível que pareça, este resultado também foi 44,9% maior do que as exportações de agosto de 2019 (3.566 unidades).

Já no acumulado do ano o setor sofre queda de 25,1% em relação ao mesmo período de 2019 com 20.031 unidades este ano contra 26.746 no ano passado.

Veículo: AUTOINFORME - ONLINE Editoria: NOTÍCIAS Tipo notícia: Matéria Data: 17/09/2020 Autor: Redação Autoinforme

 

Rua Geraldo Flausino Gomes, 42 - 5º andar | Brooklin Novo | São Paulo - SP 04575-060

Tel. (11) 5102-5656 | abrahy@abrahy.com.br

©2018 ABRAHY. criado pela TR2 Art + Design