Tags

96% dos consumidores pretendem comprar um carro em 2021

A Anfavea ( Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), juntamente com a Webmotors, promoveu uma pesquisa para traçar a intenção dos consumidores de comprar um carro em 2021. A surpresa se deu por, mesmo com um mercado ainda em recuperação e o risco de uma segunda onda de Covid-19, os números aumentaram em relação a 2019.


Segundo a pesquisa realizada com 2.103 usuários do site Webmotors, dos dias 17 a 24 de novembro, 96% da amostragem tem a intenção de adquirir um veículo em 2021 contra os 88% relatados na última pesquisa.

Os números animam o mercado já que há uma grande possibilidade desses negócios se efetivarem já no primeiro semestre no ano. As vendas irão auxiliar na retomada mais acelerada da atividade industrial, ainda muito prejudicada.


Destaca-se que a maioria das intenções de compra estão concentradas nos carros usados e seminovos. O setor vem ganhando notoriedade nos últimos meses pelo aumento orgânico de preços e a disparidade de vendas com os veículos novos (cerca de cinco veículos usados para cada 0km vendido).


Os resultados foram divididos em dois grupos: um para o público que já tem um ou dois carros, representando 75% dos entrevistados, e outro para aqueles que não tem carro, que somam 25%.


Entre os entrevistados que possuem carro, 19% tem intenção de comprar um carro 0km, sendo que, desse volume, 33% dos interessados possuem idade acima de 65 anos. Para os que ainda não têm carro, apenas 12% destes têm interesse por um 0km, sendo que 23% das menções são de usuários a partir de 45 anos.


Daqueles que já possuem um veículo, os principais motivos relatados para a troca ou compra foram que o carro atual já está velho ou que o consumidor tem o costume de trocar de veículos. Destaca-se que a principal forma de pagamento escolhida foi o financiamento parcial (64%), o que pode indicar a alta intenção da troca do carro usado como parte do pagamento (84%). A segunda condição mais escolhida foi o pagamento à vista, com 27% das intenções.


Os SUVs são a preferência com 38% das intenções de compra. Os proprietários se mostraram satisfeitos com o estilo de carroceria uma vez que 69% dos consumidores que já tem um SUV buscam por outro na próxima aquisição. Eles são seguidos de perto pelos hatches, com 18% das intenções, e pelos sedãs, com 34%, que se destacam entre as pessoas de 18 a 34 anos.


Partindo para os 25% dos entrevistados que não possuem veículo próprio, 88% buscarão por um carro usado no ano de 2021 optando, majoritariamente, pelo financiamento parcial do valor.


No entanto, cresceu o número de clientes que busca por um financiamento total de veículos (23%). O número é quase cinco vezes maior do que para aqueles que já tem carro, onde representa apenas 5% das intenções.

Se os SUVs e sedãs fazem o maior sucesso com a categoria anterior, os hatches são os mais cobiçados por aqueles que buscam pelo primeiro carro (42%). A carroceria está bem distante do segundo lugar, os sedãs, com uma diferença de nove pontos percentuais.


Com a mesma surpresa do começo da matéria, apenas 4% dos usuários da Webmotors não pretendem adquirir um carro no ano que vem. Os principais motivos citados foram a situação financeira e os reflexos da pandemia de Covid-19 no Brasil.


A preferência por outras formas de mobilidade apareceu em terceiro lugar, com 10% das respostas. São oito pontos percentuais a menos do que no ano passado (18%), o que pode refletir a busca por uma maior segurança e conforto causada pela crise sanitária.

Veículo: QUATRO RODAS - ONLINE Editoria: Tipo notícia: Matéria Data: 18/12/2020 Autor: Gabriel Monteiro

 

Rua Geraldo Flausino Gomes, 42 - 5º andar | Brooklin Novo | São Paulo - SP 04575-060

Tel. (11) 5102-5656 | abrahy@abrahy.com.br

©2018 ABRAHY. criado pela TR2 Art + Design