top of page

Hyundai e Kia fazem recall de 3,37 milhões de carros por risco de incêndio

Chamado será feito nos Estados Unidos devido a vazamento de fluido de freio


Fonte: Automotive Business


Hyundai e Kia convocaram um recall de 3,37 milhões de veículos nos Estados Unidos pelo risco de incêndio nos motores. As montadoras afirmam que possíveis vazamentos de fluidos de freio podem causar um curto-circuito, mas por motivos distintos.


O NHTSA, órgão responsável pela segurança viária nos EUA, aconselhou os proprietários dos carros defeituosos a estacionarem seus carros em áreas livres e longe de estruturas até a realização dos reparos.


A Hyundai diz ter registrado 21 casos de incêndio e outras 21 ocorrências de variação de temperatura desde 2017.


A Kia, por sua vez, reportou ao menos 10 incêndios e incidentes que causaram derretimento de peças. Nenhuma delas apontou acidentes graves ou fatais relacionados ao recall.


Proprietários serão notificados até novembro


A Kia America chamou 1,73 milhão de unidades dos modelos Borrego, Cadenza, Forte, Sportage, K900, Optima, Soul, Rio, Sorento e Rondo. O recall envolve veículos produzidos de 2010 a 2017.


Segundo a Kia, a unidade eletrônica de controle hidráulico destas unidades pode sofrer uma pane elétrica por conta de vazamentos de fluido de freio.


Já a Hyundai convocou 1,64 milhão de unidades dos modelos Elantra, Genesis Coupe, Sonata Hybrid, Accent, Azera, Veloster, Santa Fe, Equus, Veracruz, Tucson, Tucson Fuel Cell e Santa Fe Sport fabricados de 2011 a 2015.


Neste caso, o módulo do sistema de freios ABS pode sofrer com o vazamento de fluido de freio, resultando em uma pane elétrica.


A Hyundai pretende notificar os proprietários a comparecerem a uma concessionária para substituir o fusível do módulo do ABS, enquanto a Kia ainda está trabalhando em uma solução. Os clientes serão convocados para realizarem o recall até novembro.

Comments


montadora
bottom of page