top of page

Hyundai H-SOS: como funciona o sistema que identifica perigo nas ruas

Projeto de funcionário da Hyundai chamou atenção em evento


Fonte: Autoesporte


Imagine estar dirigindo e presenciar um assalto ao veículo que está parado ao seu lado no sinal vermelho. Nessa circunstância, como o condutor é testemunha do que aconteceu, a melhor saída é deixar o local da ocorrência primeiro, para depois, já em segurança, acionar a polícia.


A boa notícia é que o avançado da tecnologia nos carros e a democratização da integração aos programas Apple CarPlay e Android Auto, já trazem bons resultados em otimizar as necessidades do dia a dia quanto às demandas no online. E estamos falando de operar o telefone em ligações também.


Pensando em unir tecnologia e segurança, entretanto, um grupo de funcionários da Hyundai desenvolveu uma ideia que pode revolucionar o sistema de segurança nos automóveis produzidos futuramente.


O H-SOS, como foi chamado, corresponde a um sistema integrado de captação de sons externos ao veículo. Esse modelo de funcionamento promete identificar ruídos que sinalizam perigos diversos, tais como explosões, gritos e pedidos de socorro.


Ao identificá-los, o automóvel acionará uma câmera que será responsável por captar imagens dos acontecimentos externos. E ainda acenderá luzes de perigo, para indicar onde é que está a ocorrência.


Os responsáveis pela ideia, ainda garantem que dentro de sua inovação, as imagens captadas vão ser diretamente enviadas à polícia, bem como a abertura de um chamado para que a ocorrência seja atendida.


Em casos mais graves de desastres naturais ou até mesmo ataques terroristas, por exemplo, o veículo estaria habilitado com a capacidade de transmitir uma notificação de alerta a outros veículos próximos, com o objetivo de integrar os automóveis e promover uma teia de segurança.


Como surgiu o projeto


O funcionário da Hyundai que criou o projeto recebeu medalha de bronze no 2023 IDEA Festival, evento promovido pela fabricante que tem como objetivo incentivar seus funcionários do departamento de pesquisa e desenvolvimento a criarem tecnologias para os carros da empresa.


A edição deste ano, 14ª do evento, recebeu ideias prontas para produção nas fábricas, ou que representem intenções futuras de desenvolvimento neste segmento.


Isso quer dizer que o sistema ainda é um esboço do que a montadora pode apresentar no futuro em seus veículos. No entanto, no momento, infelizmente a tecnologia ainda não será usada.

Comments


montadora
bottom of page