top of page

Hyundai traz ao Brasil o Nexo, carro a hidrogênio que ‘limpa o ar’

Fonte: Jornal do Carro


Hyundai Nexo está exposto no Seminário Internacional de Hidrogênio Renovável e Baixo Carbono, em Piracicaba (SP)


Durante o Seminário Internacional de Hidrogênio Renovável e Baixo Carbono, realizado até terça-feira (9) em Piracicaba, interior de São Paulo, a Hyundai apresenta o Nexo. Pela primeira vez no Brasil, o SUV médio movido a hidrogênio promete autonomia de 666 km (ciclo europeu WLTP) e até purificação de ar durante a rodagem.


O SUV tem propulsão de célula de combustível e um motor elétrico que, juntos, geram 183 cv. Em síntese, a vinda do Nexo pode ser um indicativo de fabricação nacional por parte da Hyundai, a fim de difundir o uso do hidrogênio verde. Cabe ressaltar que a escolha do País tem a ver com a liderança na produção mundial de etanol. Sem contar que o Brasil tem ampla rede de postos de abastecimento que oferecem o derivado da cana-de-açúcar. Assim, facilita o uso do sistema.


Feito na Coreia do Sul e lançado em 2018, o Hyundai Nexo é movido por um motor elétrico que não precisa ser recarregado em tomadas, afinal, dá para abastecê-lo com hidrogênio (a pilha a combustível transforma o hidrogênio em eletricidade). Assim, não há combustão. E nem emissão de poluentes. Pelo escapamento sai apenas água.


Visualmente, o SUV tem, na parte dianteira, faróis na altura da grade e luzes DRL afiladas na base do capô. As lanternas traseiras são iluminadas por LEDs. Em medidas, o Nexo tem 4,67 metros de comprimento, 1,86 m de largura e 2,79 m de distância entre os eixos. O porta-malas tem 461 litros.



Carros e outros veículos


Além dos carros de passeio, a Hyundai oferece soluções em hidrogênio para outros tipos de veículos, incluindo caminhões, ônibus, bondes, equipamentos especiais, embarcações, geradores de energia e mobilidade aérea avançada. “Sempre estivemos na vanguarda do desenvolvimento do uso do hidrogênio. O ix35, lançado em 2013, é um exemplo dessa inovação no mercado global e o Nexo é o modelo com protagonismo mundial atualmente”, afirma Airton Cousseau, presidente e CEO da Hyundai Motor para as Américas Central e do Sul.


Com o intuito de propagar o uso do hidrogênio limpo, e ser neutra em carbono até 2045, a marca investe em soluções em toda a sua cadeia de valor. Ou seja, da produção ao consumo final.

コメント


montadora
bottom of page