top of page

Hyundai vai investir US$ 1,1 bilhão no Brasil até 2032

Anúncio contempla híbridos e elétricos e foi feito pelo CEO global da montadora em evento com o presidente Lula

Fonte: Automotive Business


A Hyundai investirá US$ 1,1 bilhão na operação brasileira até 2032. A informação foi dada pelo CEO global da companhia, Euisun Chung, na quinta-feira, 22, em evento em Brasília (DF). Estiveram presentes na ocasião o presidente Lula e seu vice, Geraldo Alckmin.


De acordo com comunicado do planalto, o aporte será feito para financiar o desenvolvimento de novas tecnologias, em particular a de carros híbridos, elétricos e movidos a hidrogênio verde, em convergência com o programa de Mobilidade Verde (Mover). A montadora mantém produção em Piracicaba (SP).

"Mais uma grande empresa crescendo em nosso país", comentou o presidente em uma das suas redes sociais.


A notícia dada pelo CEO global da montadora acabou pegando a todos de surpresa, conforme apurou a reportagem com representantes da operação local e também do sindicato dos metalúrgicos de Piracicaba.

Segundo o presidente da entidade laboral, Wagner Silveira, o Juca, a montadora não manteve nenhum tipo de conversa a respeito do tema com os trabalhadores nos últimos meses. Para Silveira, os recursos devem envolver também outras operações da Hyundai no país.


Dentre elas está a produção de veículos na fábrica da Caoa em Anápolis (GO), a qual, segundo Silveira, recebe recursos da montadora sul-coreana, e também a fábrica de trens mantida pela companhia em Araraquara (SP).


Ambas as unidades produtivas, inclusive, serão visitadas pelo CEO global na sexta-feira, 23. Na tarde da quinta-feira, 22, o executivo se encontrará com o governador do estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas.

Atualmente a fábrica de veículos e de motores da Hyundai em Piracicaba opera em três turnos, com 3,2 mil funcionários. Ali são produzidos os modelos HB20 e Creta.


Por meio de nota, a Hyundai informou que não divulgará nada sobre o investimento, e que as informações oficiais são aquelas repassadas pelo governo federal.


Hyundai quer trabalhar com hidrogênio no Brasil


No ano passado, uma fonte ligada à montadora ouvida pela reportagem da Automotive Business afirmou que a Hyundai vai criar o departamento de desenvolvimento de negócios de hidrogênio. Esta nova área cuidará da prospecção de negócios que envolvam a solução.


Segundo outra fonte, também ligada à filial brasileira da montadora coreana, o novo departamento será responsável por estudar e desenvolver uma cadeia de hidrogênio dentro do Brasil e da Américas do Sul, desde produção e logística, até o produto final, com veículos movidos a célula de combustível.


Comments


montadora
bottom of page