Locadoras emplacaram quase 80 mil novos veículos no primeiro trimestre


|fonte: Automotive Business|


Valor é 19% do total adquirido em 2021


O setor de locação de veículos emplacou 78.578 mil novos carros no primeiro trimestre de 2022, o que equivale a 19% de todas as compras feitas no ano passado (411.858 unidades). A frota total de automóveis e comerciais leves das locadoras cresceu 3,2% nos últimos três meses, saltando de 1.136.517 para 1.173.357 unidades. Os números são da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA).


“O crescimento da frota é um parâmetro importante para apontar o aumento da demanda por veículos alugados”, afirmou em nota o presidente do Conselho Nacional da ABLA, Marco Aurélio Nazaré. “A frota total já é maior do que a registrada em dezembro do ano passado, e as modalidades de locação responsáveis por isso são principalmente a do ‘carro por assinatura’ e a de terceirização de frotas para empresas privadas”, disse.


Apesar da demanda em alta, segundo a ABLA, as locadoras ainda enfrentam atrasos das montadoras para a entrega de veículos novos, algo que pode ser creditado à crise de semicondutores.


Em 2021, a locação de veículos também cresceu acima do esperado. Conforme o Anuário Brasileiro do Setor, houve aumento de 12,3% no total de usuários de carros alugados no Brasil de 2020 para 2021.


Em termos de faturamento, a atividade cresceu 33,5% em relação a 2020, atingindo a marca de R$ 23,5 bilhões por ano, maior avanço registrado nos últimos 5 anos. Em 2020, o faturamento do aluguel de carros no país havia sido de R$ 17,6 bilhões, ainda sob impacto das medidas de isolamento social causadas pela epidemia de covid-19.