top of page

Negociações de pessoas físicas respondem 28% do mercado de usados

Estudo da Creditas aponta que, na modalidade C2C, consumidores estariam em busca de alternativas mais rápidas e acessíveis para compra do veículo


Fonte: Automotive Business


As transações de carros usados entre pessoas físicas (C2C) já representam 28% das negociações neste mercado. É o que aponta levantamento feito pela Creditas realizado entre março e maio.


O estudo contemplou os clientes da empresa dentro da plataforma de serviços financeiros. Ainda de acordo com a pesquisa, dos clientes que optaram pela transação C2C, 37% estavam comprando um veículo pela primeira vez, e 93% tinham urgência no negócio - com conclusão do negócio dentro de uma semana a, no máximo, um mês.


A empresa acredita que o resultado mostra que consumidores de carros usados buscam, além de rapidez nas negociações, alternativas de compra mais em conta. A Creditas, inclusive, ressalta que algumas plataformas de vendas de veículos passaram a facilitar as negociações entre pessoas físicas.


"Os brasileiros estão cada vez mais interessados em explorar alternativas para compra e venda de automóveis. Esse comportamento pode ser atribuído aos altos preços dos carros novos nos últimos anos, o que tem levado muitos consumidores a optarem por veículos seminovos e usados, que apresentam valores mais acessíveis", afirma Carlos Domingues, diretor de financiamento de veículos da Creditas.






Opmerkingen


montadora
bottom of page