top of page

Novo dispositivo trava o carro em caso de não pagamento ao banco; entenda



Empresas e locadoras utilizam o dispositivo em casos de falta de pagamento de aluguel e financiamento, por exemplo; sistema existe no Brasil

Nos Estados Unidos, há um novo dispositivo capaz de travar a partida de um veículo em caso de inadimplência, seja do aluguel ou do financiamento. Chamado de “caixa preta”, o dispositivo fica acoplado na ignição do carro. Dessa forma, a partir do momento que a empresa registra a falta de pagamento (após o prazo estabelecido), é possível travar o sistema. Ou seja, o motorista não consegue dar partida no carro.

No país norte-americano, essa tecnologia é usada como uma forma de recuperar um veículo, em caso de descumprimento de contrato. Assim, também funciona como um rastreador. Aqui no Brasil, a “caixa preta” já é utilizada por algumas locadoras, por exemplo, como forma de garantia. Para o site UOL, o CEO da Ituran Mob, Paulo Henrique Andrade, afirmou que há mais de 1,6 mil carros com essa trava rodando pelas ruas brasileiras.


TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO


Dispositivo conecta com aplicativo


Mas não é só. Embora tenha essa função de travamento remoto, o dispositivo permite administrar outras funções. Afinal, há um aplicativo que se conecta com a “caixa” via bluetooth criptografado. Dessa forma, é possível reservar um veículo, travar e destravar portas sem o uso da chave, bem como fazer o pagamento e renovar o contrato de aluguel, por exemplo. Isso tudo por meio do celular. De acordo com as informações, é possível realizar contratos de horas, dias, semanas ou meses no aplicativo. Seja como for, tudo depende da empresa.


Nano locação é realidade no Brasil

Com os preços dos carros 0-km nas alturas, a tendência é que as plataformas de aluguel e assinatura de veículos se tornem ainda mais populares. E uma modalidade que está avançando no mercado é a de “nano locação”. Na prática, significa que o cliente pode alugar um carro ou mesmo moto e scooter por um curto período de tempo como, por exemplo, algumas horas. Entretanto, a cobrança neste caso é feita por minuto.

O Jornal do Carro noticiou que a modalidade está disponível para scooters elétricos em São Paulo, por meio da plataforma Flou. Nela, é possível alugar a moto por a partir de R$ 0,90 o minuto. No entanto, o aplicativo da startup Ucorp também oferece o mesmo serviço para carros elétricos. Este é o caso, por exemplo, do Peugeot e-2008. No app, o SUV está disponível por R$ 0,39/minuto.

Comments


montadora
bottom of page