Tags

Pandemia faz Campinas registrar queda de 33,5% nas vendas de veículos e motos novas em 2020

A crise provocada pela pandemia do corovonavírus fez com que as vendas de veículos novos em Campinas (SP) registrassem queda de 33,5% em 2020. Segundo a Fenabrave, a associação dos concessionários, foram emplacados 22.036 automóveis, motos, comerciais leves, caminhões e ônibus na metrópole no ano passado. Em 2019 foram 33.142.


O setor ainda teve os prejuízos atenuados com o bom desempenho, na reta final de 2020, das vendas de motos. O resultado de dezembro, com 728 emplacamentos, é o melhor no comparativo com os últimos 24 meses.


Entretanto, segundo a Fenabrave, o desempenho de venda de motos poderia ter sido ainda melhor, uma vez que a falta de produtos no mercado afetou o resultado do segmento em todo o Brasil.

Percentualmente, a maior queda no emplacamento de veículos novos na comparação com o ano anterior foi dos ônibus, com uma redução de 54,88% (de 297 para 134).


Já a venda de motos novas, que apresentou queda de 20,31% em relação a 2019, mostrou-se maior que o registrado na cidade em 2018.


Expectativa para 2021

Para o economista Mário Guerreiro os setores que são sensíveis ao crédito, como o automotivo, podem ainda sentir os impactos da crise em 2021. A análise é que caso a vacinação contra a Covid-19 avance no primeiro semestre, resultados de recuperação possam ser colhidos nos últimos seis meses do ano.


Enquanto a economia não tiver um processo de recuperação mais consistente, com menor nível de desemprego, esse mercado deve patinar um pouco , opina.


Uma exceção é o setor de motos, impulsionado pelos serviços de delivery e também como um meio de locomoção mais barato e econômico que o carro.


Essa tendência do delivery deve continuar mesmo com uma retomada do trabalho presencial. É uma área que deve seguir expandindo, com muito potencial , defende.


Foto de arquivo de concessionária - Foto: Fábio Tito/G1

Fenabrave espera aumento

Apesar dos resultados, o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, diz que espera crescimento das vendas de veículos novos em 2021, e o setor projeta para o Brasil uma alta de 16,6% em relação ao resultados obtidos em 2020.


"Esperamos poder recuperar, aos poucos, o mercado, mas ainda há incertezas e fatos que podem repercutir nas nossas projeções", diz Júnior.


Veículo: G1 - NACIONAL Editoria: G1 PRINCIPAL Tipo notícia: Matéria Data: 13/01/2021 06:27:00 06:27 Autor: Por G1 Campinas e Região Venda de motos novas - Foto: Jefferson Barbosa/EPTV

 

Rua Geraldo Flausino Gomes, 42 - 5º andar | Brooklin Novo | São Paulo - SP 04575-060

Tel. (11) 5102-5656 | abrahy@abrahy.com.br

©2018 ABRAHY. criado pela TR2 Art + Design