top of page

Preço do diesel cai 4,5% após redução da Petrobrás para as distribuidoras


Com medida, valor do diesel ficou R$ 0,18 mais barato

Enquanto a gasolina e etanol tiveram uma subida de preço por conta da volta de impostos como PIS e Cofins no início deste mês, o valor do diesel segue em queda. Ao contrário dos dois combustíveis citados inicialmente, o diesel permaneceu isento da tributação até o final de 2023, mas agora também temos a Petrobras anunciando uma redução do diesel para as distribuidoras.

A redução no preço do diesel para as distribuidoras já está em vigor desde a última quinta-feira (23), assim o combustível baixou razoavelmente em 4,47%. Conforme divulgado pela Petrobras, o valor do diesel passou de R$ 4,02 para R$ 3,84 por litro, o que na prática é um combustível R$ 0,18 mais barato. Não houve anúncio de redução ou aumento para a gasolina ou etanol.


A empresa divulga também que a parcela da Petrobras no preço para o consumidor chegará numa média de R$ 3,75 a cada litro de diesel vendido na bomba. Isso considera a mistura obrigatória de 90% diesel A e 10% de biodiesel, composição esta que é encontrada nos postos de combustíveis Brasil afora.


Em nota a estatal de economia mista afirma que a nova redução “tem como objetivos principais a manutenção da competitividade dos preços da Petrobras frente às principais alternativas de suprimento dos clientes” e a “participação de mercado necessária para a otimização dos ativos de refino”.


“A companhia destaca que na formação de seus preços busca evitar o repasse da volatilidade conjuntural do mercado internacional e da taxa de câmbio, ao passo que preserva um ambiente competitivo salutar nos termos da legislação vigente”, concluiu a empresa.


Segundo o relatório da Associação brasileira dos importadores de combustíveis (Abicom), embora a exista uma estabilidade no câmbio e preços de referência da gasolina, o óleo diesel sofreu uma leve desvalorização no mercado internacional. Ainda segundo análise da associação, os preços praticados no Brasil estão abaixo da paridade, assim com o óleo diesel apresentando defasagem média de -3% e a gasolina em -2%.


A redução no valor do diesel também tem a ver com a queda nos preços do barril do petróleo no mercado internacional. Para efeito de comparação, em março de 2022 o barril do petróleo chegou a nada menos do que US$ 140, enquanto que o barril do tipo Brent, que serve de referência para os preços da Petrobras, chegou agora ao valor de US$ 74,95 – pouco mais da metade registrada há um ano.

Commentaires


montadora
bottom of page