Tags

Retomada do setor automotivo será lenta

A retomada do setor automotivo levará meses. Pelo menos é isso o que pensa Luis Carlos Moraes, presidente da Anfavea, a associação que representa as montadoras. Em evento on-line promovido pela Ordem dos Economistas do Brasil, o executivo afirmou que a falta de componentes eletrônicos, fenômeno que tem afetado a produção em diversas partes do mundo, deverá ser superada apenas no segundo semestre.


O atraso nas entregas associado aos efeitos da pandemia (como cancelamento de voos e lockdowns) prejudicou toda a cadeia logística global, e levará tempo até que tudo seja normalizado. O diagnóstico do executivo é preocupante. "Com a crise em 2020, o setor parou", disse Moraes. "E houve pressão muito forte no capital de giro das montadoras, já que o ritmo da produção foi reduzido, mas os compromissos financeiros continuaram em andamento." Em 2021, projeta-se o aumento de 15% das vendas, número baixo considerando as perdas dos últimos dois anos.


Veículo: CORREIO BRAZILIENSE - DF Editoria: NEGÓCIOS Tipo notícia: Coluna Data: 13/04/2021 Autor: AMAURI SEGALLA