Tags

Santa Catarina registra crescimento de 2,64% nos emplacamentos de veículos automotores

A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores de Santa Catarina (Fenabrave-SC), entidade que representa 551 concessionárias de veículos automotores de todo o estado dos segmentos de automóveis, comerciais leves, caminhões, tratores e máquinas agrícolas, motocicletas, e Implementos rodoviários, divulga o desempenho do setor automotivo no mês de fevereiro de 2021.


De acordo com o levantamento, as vendas de fevereiro de 2021 foram 2,64% maiores se comparadas com o mês de janeiro. Se computados todos os segmentos foram emplacadas 12.497 unidades em fevereiro contra 12.175 em janeiro.


Já quando comparados o acumulado de janeiro e fevereiro de 2021 em relação ao mesmo período do ano de 2020 as vendas registraram queda de 14,14%. Em 2021 foram emplacados 24.672 veículos contra 28.734 em 2020.


Nas vendas de fevereiro de 2021, de todos os segmentos, se comparadas ao mesmo mês do ano anterior, houve queda de 13,38%.


No segmento específico de automóveis e comerciais leves, houve acréscimo de 11,79%, sendo emplacadas 8.326 unidades em fevereiro de 2021 contra 7.448 em janeiro. Quando compararmos o acumulado dos primeiros 2 meses deste ano com o mesmo período de 2020 encontramos decréscimo de 16,29%.


Quanto ao segmento de motos em Santa Catarina, as vendas tiveram decréscimo de 33,80% em fevereiro, em relação a janeiro. Foram emplacadas 1.655 unidades em fevereiro de 2021 contra 2.500 em janeiro. Se comparadas, o acumulado de 2021 em relação ao mesmo período de 2020 também houve decréscimo 32,52%.


O segmento de Tratores e Máquinas Agrícolas, por não serem emplacados apresentam dados com um mês de defasagem e as informações que se seguem são a nível nacional.

Em janeiro/2021, as vendas de tratores e máquinas agrícolas (3.085 unidades) registraram queda de 36,67%, na comparação com o mês de dezembro (4.871 unidades). Na comparação com janeiro de 2020, quando foram vendidas 2.468 unidades, a alta chegou a 25%.

“A demanda continua forte, impulsionada pelo bom desempenho do agronegócio, assim como pela valorização do dólar e em função da grande demanda externa de nossas commodities. Mas a indústria ainda sofre com a falta de insumos e componentes, que cria uma situação de baixa oferta, fazendo com que o agendamento das entregas seja postergado para o mês de junho de 2021.”, explicou o presidente nacional da Fenabrave, Alarico Assumpção Jr.


A frota circulante em Santa Catarina soma hoje 5.450.225 veículos, sendo que a maioria é de automóveis, em um total de 3.081.247.


Na análise do Presidente Fenabrave-SC, Alfredo Breitkopf, o aumento das vendas registrado em fevereiro em relação a janeiro, mais se deve ao baixíssimo volume de janeiro do que propriamente as vendas de fevereiro.


Tanto que no acumulado deste primeiro bimestre do ano, as vendas recuaram 14,14% em relação ao primeiro bimestre de 2020. Em linha com a nossa entidade mater, Breitkopf comenta que este índice negativo foi impactado pela falta de componentes para normalizar a produção, bem como pelo aumento dos casos da COVID-19. A falta de componentes, fez com que algumas montadoras tivessem que paralisar temporariamente a produção em fevereiro, afetando a oferta de produtos e o aumento dos casos de COVID-19 fez com que em alguns municípios o comércio fosse fechado, levando a paralização das vendas.


Desempenho por região

Na Região da Grande Florianópolis houve acréscimo de 1,02% em fevereiro em relação ao mês anterior, com 2.470 unidades em fevereiro, contra 2.445 em janeiro. Se comparados com o acumulado de 2021 em relação ao mesmo período de 2020, houve decréscimo de 16,77%.


Na Região Norte, os números tiveram acréscimo de 5,42% comparando fevereiro com janeiro, num total de 2.294 emplacamentos em fevereiro, contra 2.176 em janeiro. Se comparado o acumulado de 2021 em relação ao mesmo período de 2020, houve decréscimo de 14,33%.


A Região Oeste apresentou queda de 4,82% nas vendas de fevereiro ao comparar com o mês de janeiro, sendo 1.877 veículos emplacados em fevereiro e 1.972 em janeiro. Houve decréscimo de 17,19% se comparadas as vendas acumuladas de 2021 com o mesmo período do ano anterior.


A Região do Planalto Serrano também registrou acréscimo. Foi de 1,29% nas vendas de fevereiro em relação a janeiro. Foram emplacados 470 veículos em fevereiro contra 464 em janeiro. No acumulado do ano houve decréscimo de 15,78%.


A Região Sul registrou o maior crescimento. Em fevereiro deste ano, 16,67% se comparado a janeiro, num total de 1.925 unidades contra 1.650. No acumulado do ano em relação ao mesmo período do ano anterior, o decréscimo foi também o menor, de 2,46 %.


Na Região do Vale do Itajaí teve pequena queda. Foram emplacados 0,20% veículos a menos em fevereiro do que em janeiro, num total de 3.461 em fevereiro contra 3.468 em janeiro. Se comparado o acumulado de 2021 em relação a 2020, o decréscimo foi de 15,39%.


FONTE: Assessoria de Imprensa Fenabrave Santa Catarina

 

Rua Geraldo Flausino Gomes, 42 - 5º andar | Brooklin Novo | São Paulo - SP 04575-060

Tel. (11) 5102-5656 | abrahy@abrahy.com.br

©2018 ABRAHY. criado pela TR2 Art + Design