Setor automotivo tem faturamento de US$ 39,6 bilhões no Brasil



Dado de 2020 está no anuário 2022, que acaba de ser lançado pela Anfavea

A Anfavea, associação que representa os fabricantes de veículos, acaba de apresentar seu anuário 2022, com dados gerais sobre o comportamento da indústria automobilística brasileira. A publicação mostra que o segmento reúne 27 fabricantes de autoveículos e máquinas agrícolas e rodoviárias e inclui 486 empresas associadas ao Sindipeças. Há ainda 4.897 concessionárias de veículos, filiadas à Fenabrave.

O setor reúne 57 unidades industriais em nove estados e 39 municípios, que conferem uma capacidade instalada para produção de 4,5 milhões de autoveículos. O faturamento acumulado em 2020 foi de US$ 39,6 bilhões.

A produção de autoveículos acumulada de 1957 a 2021 somou 88,7 milhões de unidades montadas, ao lado de 2,81 milhões de máquinas agrícolas e rodoviárias. O comércio exterior em 2021, incluindo autopeças, apresentou exportação de US$ 15,4 bilhões, importação de US$ 24,0 bilhões, com saldo negativo de US$ 8,7 bilhões.

Dados de 2020 indicam um nível de emprego direto e indireto de 1,2 milhão de pessoas.

Participação no PIB e geração de tributos

Em 2019 a participação no PIB na indústria de transformação foi de 20% (com 2,5% no total). A geração de tributos diretos em 2020 pelos autoveículos foi de R$ 62,5 bilhões, incluindo IPI, PIS e Cofins, ICMS e IPVA. No ranking mundial de autoveículos, o Brasil ocupa a nona posição como produtor e sétima como mercado interno.

O anuário 2022 da Anfavea está disponível para download aqui.