top of page

Uber terá 25 mil carros elétricos em sua frota na Índia


Aplicativo de transporte diz que quer ampliar concorrência no país asiático

A Uber promete colocar 25 mil veículos elétricos na Índia em três anos. O anúncio foi feito pela empresa em meio a pressões do governo por maior eletrificação das frotas de transporte público e de mobilidade compartilhada. O plano da empresa no país asiático também visa intensificar a concorrência com a rival local BlueSmart, uma startup de mobilidade elétrica que assumiu a liderança no mercado de táxi elétrico. A frota de elétricos da Uber será composta por modelos da Tata Motors, maior montadora de carros elétricos na Índia.

Uber quer infraestrutura para elétricos na Índia

Porém, Prabhjeet Singh, presidente da Uber Índia e sul da Ásia, disse que vários fatores precisam se unir para o transporte elétrico por aplicativo decolar no país. Segundo o executivo, as montadoras precisam construir veículos acessíveis e com longo alcance. Ele diz ainda que o ecossistema de financiamento precisa amadurecer e a infraestrutura de recarga precisa ser generalizada. “Acreditamos que estamos começando a ver os primeiros sinais disso”, afirmou, em entrevista à agência de notícias Reuters. Mesmo com os 25 mil EVs prometidos, os carros elétricos ainda serão uma pequena fração da atual frota ativa da Uber. Hoje, o app de transporte soma 300 mil veículos na Índia. A companhia também negocia com outras montadoras, empresas de cobrança, operadoras de frota e financiadores para aumentar o número de elétricos, segundo o presidente. “Seremos um grande catalisador na aceleração do ecossistema de veículos elétricos”, defende Singh.

コメント


montadora
bottom of page