top of page

Uso de plástico reciclado pela indústria automotiva dispara 40% em um ano


Fonte: Automotive Business


Cerca de 65 mil toneladas do produto são empregadas anualmente, ainda 5% do total


A indústria automotiva aumentou seu uso de plástico reciclado em 40% em 2022, em comparação com o ano anterior, indo para cerca de 65 mil toneladas por ano. Trata-se do dado mais recente obtido pelo Plano de Incentivo à Cadeia do Plástico (PICPlast) em parceria com a consultoria MaxiQuim. Com objetivo de simplificar processos e diminuir o consumo de energia durante a fabricação, muitas montadoras substituíram o alumínio pelo chamado plástico virgem, resultando em carros mais leves, com menos gasto de combustível e a diminuição das emissões de poluentes, segundo a PICPlast. “A utilização de plásticos na produção de autopeças já representa um grande avanço para o setor em termos de custos. Quando acrescentada a questão da utilização de plásticos reciclados, o valor agregado é ainda mais evidente, considerando a circularidade de produtos no setor automotivo”, diz Simone Carvalho, integrante do grupo técnico do PICPlast, uma iniciativa da Braskem e da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast). Até 2026, o mercado mundial de plásticos automotivos valerá até 68,6 bilhões de dólares, segundo a MaxiQuim. Em 2018, a cifra era de 48,7 bilhões de dólares, um avanço de 41% no intervalo de oito anos. Já com relação ao material reciclado utilizado pela indústria, atualmente, ele representa de 4% a 5% do total, com previsão de chegar a 10% até 2030.

Comments


montadora
bottom of page