top of page

Vendas de veículos podem crescer 15% no primeiro semestre

A um dia útil de encerrar as vendas em junho, volume de licenciamentos já ultrapassou as 1 milhão de unidades


Fonte: Automotive Business



As projeções de licenciamentos de veículos no primeiro semestre do ano indicam um crescimento de 15% sobre o volume licenciado no janeiro-junho do ano passado.


Na quinta-feira, 27, após a sanção do Programa Mover, o vice-presidente Geraldo Alckmin disse que o país precisa “de medidas para aumento da renda e estimular ainda mais o segmento”.

Alckmin disse na oportunidade, ainda, que a Fenabrave havia lhe informado que os emplacamentos deveriam crescer nesse patamar até o final de junho.


Segundo dados do Renavam consultados pela reportagem da AB, até a quinta-feira, 27, foram registrados no Brasil 194,4 mil veículos. Resta ainda um dia útil para junho acabar, a sexta-feira, 28.


A expectativa do setor de distribuição, segundo um interlocutor do segmento que preferiu dar entrevista em off, é a de que em junho sejam emplacadas algo entre 212 mil e 214 mil unidades.


Caso se confirme a projeção, terão sido licenciadas no país, no primeiro semestre, cerca de 1,150 milhão de unidades, ou 11% a mais do que o volume registrado no primeiro semestre de 2023.


Como as promoções das montadoras nos últimos dias do mês costuma ser atrativas às locadoras de veículos, é possível, portanto, que as vendas no semestre venham a ser 15% maiores ante 2023.


Seria um feito relevante, considerando eventos importantes que ocorreram no janeiro-junho do ano que acabaram refletindo no mercado, como paradas de produção e o desastre no Rio Grande do Sul.


Há também a questão do crédito para os financiamentos, um tema que segue recorrente e discursos na indústria e no governo.


Nesse sentido, as pretensões do governo levaram um balde de água fria na última reunião do Copom, cuja taxa Selic divulgada interrompeu um período de queda dos juros.

Comments


montadora
bottom of page